Apresentação

A sexta edição do European Symposium on Research in Architecture and Urban Design realizar-se-á de 12 a 15 de Setembro de 2012 na cidade do Porto.

O seminário decorrerá na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto e com a colaboração das instituições que organizaram as edições precedentes:

- École Nationale Supérieure d’Architecture de Marseille, sobre o doutoramento de investigação (2004);

- École Nationale Supérieure d’Architecture et Paysage de Lille, sobre a grande escala (2005);
- Association des Instituts Supérieurs de Brussels-Liège-Mons (IESA), sobre o património cultural (2006);
- Escuela Técnica Superior de Arquitectura de la Universidad Politécnica de Madrid, com o tema paisagem cultural (2008);

- Facoltà di Architettura dell’Università degli Studi di Napoli Federico II, com o tema venustas (2010).

 

O projecto EURAU constitui-se numa rede de escolas e investigadores em Arquitectura e Urbanismo, que se reúnem a cada dois anos para partilhar o estado da sua investigação. A longo prazo, pretende-se que leve à criação de uma estrutura física de reunião e depósito de toda a investigação realizada e em curso, na Europa, de modo a facilitar a partilha de recursos e o aprofundamento do conhecimento nestas áreas científicas.

 

É objectivo do EURAU constituir-se como lugar de debate e de confronto das temáticas disciplinares da Arquitectura, da Cidade e do Território.

O EURAU12 terá como tema “Espaço Público e Cidade Contemporânea”.

 

Com efeito, a cidade contemporânea tem suscitado um diversificado e complexo debate teórico por parte de diferentes áreas do saber. Interpretações da razão da sua forma difusa e do seu crescimento disperso, reavaliação do significado das suas arquitecturas e do seu espaço público, enunciado dos fundamentos teóricos que a definem como uma nova entidade urbana – o debate vai clarificando opiniões, estabelecendo divergências e provocando reflexões disciplinares, que nos distanciam de posturas dogmáticas e acríticas e nos permitem a construção de um raciocínio não redutor dos novos paradigmas.

 

Neste sentido, pretende-se desenvolver nesta edição a discussão do espaço público como elemento fundamental da construção de uma ideia de cidade contemporânea.

Para isso propõe-se três perspectivas de abordagem:

 

1. Construção de uma memória colectiva, valor fundamental de urbanidade: espaço público como condição de fazer cidade;

 

2. Sistemas de conexão entre cidade consolidada e novos territórios urbanizados: espaço público como construtor de tecido urbano;

 

3. Uma forma para a cidade contemporânea: espaço público como elemento de uma ordem urbana.